Encontrar alternativas para combater a indisciplina e a violência entre crianças de primeira a quarta série do ensino fundamental nas 21 escolas municipais de Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba (RMC) – este é o objetivo do projeto “Fortalecimento das Bases de Apoio Familiares e Comunitárias na Escola”, que está sendo desenvolvido no município. Ontem, representantes das 21 instituições de ensino se reuniram, no Salão do Júri do Fórum de Piraquara, para apresentar ações e atividades utilizadas no combate à violência e indisciplina.

“Algumas escolas já começaram a colocar suas ações em prática”, comenta a consultora de projetos sociais da Prefeitura de Piraquara, Ângela Mendonça. “Outras devem fazê-lo a partir de fevereiro de 2004.”

As ações envolvem atividades artísticas, esportivas, literárias e de terapia familiar comunitária. Contam com a participação da comunidade e de pais de alunos. “O combate à violência deve ser feito de forma integrada”, diz a secretária municipal de Educação de Piraquara, Denise Palma. “Por isso, as escolas procuraram redes de apoio em suas comunidades para o desenvolvimento das ações”, acrescenta a diretora do departamento de ensino da Secretaria Municipal de Educação, Neuzita de Paula Soares.

Cada escola formou um grupo de trabalho, desenvolveu um planejamento estratégico e um mapeamento de pessoas e entidades consideradas de bom exemplo dentro da comunidade que pudessem ajudá-las. A intenção é que, no futuro, as ações sejam ampliadas e estendidas às escolas da rede estadual de ensino na região.