A volta para casa foi um verdadeiro tormento para os curitibanos que passaram o feriado de 15 de novembro nas praias do Paraná e Santa Catarina. Além da grande quantidade de veículos, obras, acidentes, protesto com bloqueio de pista, chuva e neblina causaram longas filas em algumas das principais rodovias da região. A expectativa era que o trânsito fosse intenso até o início da madrugada de hoje.

No litoral paranaense, uma manifestação bloqueou os dois sentidos da PR-407, que liga a BR-277 a Pontal do Paraná, a partir das 16h, no Km 8. A fila de automóveis chegou a cerca de 15 quilômetros. Quem estava nos balneários próximos a Pontal era orientado a seguir até Matinhos e pegar a PR-508 (Alexandra-Matinhos), o que complicou o trânsito em toda a região das praias. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motivo do protesto foi a morte de uma garota de 13 anos, vítima da colisão entre um carro e uma bicicleta, há duas semanas. A rodovia permanecia interditada até o começo na noite de ontem.

Quem conseguia chegar até a BR-277 enfrentava mais lentidão no caminho para Curitiba. Obras no Km 25, próximo a Morretes, interromperam a pista no sentido Curitiba. Os carros eram obrigados a desviar para a pista contrária. Segundo a Ecovia, concessionária que administra esse trecho da rodovia, cerca de 36 mil veículos passaram pela estrada no sentido Curitiba ontem. Nos horários de maior movimento, o fluxo chegou a 3 mil veículos por hora.

O retorno também foi complicado para quem optou pelo litoral catarinense. No noite de ontem, a fila de carros atingiu 30 quilômetros na BR-101, na região de Garuva. A lentidão no trânsito foi agravada pelo tombamento de um caminhão Km 7, por volta das 16h30.

Outras importantes rodovias que passam por Curitiba registraram tráfego intenso ontem, como a BR-116, a partir de São Paulo. O retorno do interior do Estado pela BR-277 também foi movimentado. Às 17h, um acidente no Km 124, em Campo Largo, deixou o fluxo complicado.

Segundo balanço parcial divulgado pela PRE, com dados até as 14h de ontem, foram registrados 121 acidentes, com 98 feridos e 13 vítimas fatais no feriadão. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) só divulgará seus números hoje.