O dia de ontem foi corrido para os 15 mil candidatos às 9,4 mil vagas oferecidas em 62 cursos de graduação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Neste ano, as provas do vestibular de verão 2009 foram realizadas no mesmo dia. Durante a manhã, os vestibulandos fizeram provas de Matemática, Biologia, Química, Filosofia e Redação. À tarde, de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Física e Geografia.

Além de Curitiba, o vestibular da PUCPR aconteceu em São José dos Pinhais, Londrina, Toledo, Maringá, Jaraguá do Sul (SC) e Chapecó (SC). Para o pró-reitor Administrativo, de Planejamento e Desenvolvimento, Valdecir Cavalheiro, a procura pela instituição foi maior que no ano passado. “Tivemos 8% a mais de inscritos.”

Exceção às edições anteriores, as provas deste ano foram realizadas no mesmo dia, fato que não irá se repetir. “Por questões de horário, tivemos que fazer as provas no mesmo dia. Reconhecemos que é muito cansativo para o candidato, mas no próximo ano voltaremos a fazer em dias separados”, garante.

Seguindo na liderança anualmente, medicina foi o curso que mais atraiu candidatos. “Seguido dos cursos de engenharia e direito. Foi uma surpresa para nós. Acredito que pela demanda de técnicos na área, muitos vestibulandos resolveram optar pelos diversos cursos de engenharia”, completa Cavalheiro.

Atrasos

Um grupo de estudantes vindo de Balneário Camburiú (SC) não chegou a tempo para as provas na manhã de ontem. Eles reclamavam sobre a falta de tolerância no fechamento dos portões, mesmo a organização aumentando em dez minutos o prazo estipulado. “Vimos outras pessoas entrarem, mas nós fomos barrados”, reclamou Matheus Viana.

Durante as provas, 1.074 candidatos não estiveram presentes. A falta corresponde a 7% dos candidatos. O número foi menor que no ano passado, quando a PUCPR registrou 8% de ausentes. A estimativa é que, até a próxima quinta-feira, os resultados dos aprovados sejam divulgados.