Um casal e duas filhas morreram na manhã desta terça-feira (29) após a queda de um avião no Paraná. Segundo a Defesa Civil estadual, a aeronave modelo Cessna 177B, prefixo PT-KCK, com capacidade para quatro pessoas, saiu de Goioerê (567 km de Curitiba), onde morava a família, com destino à Guaratuba (122 km de Curitiba), no litoral. Durante o trajeto, o avião caiu no rio Macaco na região de Roncador (435 km da capital).

Além do empresário Valdecy Cruzeiro, 56, que pilotava a aeronave, de acordo com a Defesa Civil de Roncador, estavam a bordo a esposa dele, Luciana Brito Cruzeiro, as filhas do casal, Beatriz Brito Cruzeiro, 24, e Julia Brito Cruzeiro, 18, e o cachorro de estimação.

+ Leia mais: Pai e filhos seguem caminho na PRF e dividem alegrias e lutas da profissão

O coordenador da Defesa Civil de Roncador, Sidnei Augusto Karas, disse que o acidente pode ter sido causado pelo tempo fechado, apesar de que não estava chovendo no momento da ocorrência.

O corpos foram levados ao IML de Guarapoava. As causas da queda serão investigadas pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos).

De acordo com informações do Registro Aeronáutico Brasileiro, a aeronave estava com o Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade válido, ou seja, em situação normal de operação.