Um surto de covid-19 entre servidores do Palácio Iguaçu, sede do governo do Paraná, fez com que todos os funcionários que atuavam presencialmente fossem dispensados a partir desta quarta-feira (10). Em nota, o governo estadual informou que os servidores farão trabalho remoto, de acordo com o protocolo sanitário estabelecido pela Secretaria da Saúde.

LEIA TAMBÉM“Aflição, dor e sentimento de enxugar gelo”, desabafa Rafael Greca. Lockdown não é descartado

17 servidores tiveram resultados confirmados para a covid-19. O governador Ratinho Jr testou negativo para covonavírus, mas deverá participar de reuniões on-line e trabalhar remotamente nos próximos dias.

O Palácio Iguaçu passará por um processo de higienização e desinfecção dos ambientes e será reaberto na segunda-feira (15), com a manutenção do escalonamento das equipes.