Foto: Everson Bressan/SECS

Acréscimo de 10% no volume de lixo produzido pelos veranistas.

A Superintendência de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental (Suderhsa) informou ontem que, desde o início da Operação Viva o Verão até a última segunda-feira, foram recolhidas mais de 5,8 mil toneladas de lixo domiciliar no litoral paranaense. Se comparado ao volume recolhido no mesmo período no ano passado (5,3 mil toneladas), houve acréscimo de 10% no volume de lixo produzido pelos veranistas e coletado pelo governo do Estado.

O secretário do Meio Ambiente, Rasca Rodrigues, disse que o volume de lixo produzido entre os dias 19 de dezembro e 15 de janeiro é proporcional ao de uma população de aproximadamente 400 mil pessoas todos os dias no litoral. ?O aumento do volume do lixo gerado e recolhido demonstra aumento no fluxo de veranistas que foram ao litoral do Paraná nesta temporada. Até o momento, não tivemos qualquer reclamação sobre o trabalho de recolhimento e estamos reforçando os horários dos caminhões de coleta?, declarou Rasca.

O governo assumiu a coleta de lixo durante a temporada nos municípios de Pontal do Paraná, Matinhos, Guaratuba e Ilha do Mel. Para a Ilha do Mel, foram contratados 25 agentes ambientais que estão reforçando o recolhimento nas praias de Brasília e Encantadas. Em Antonina e Morretes, a secretaria do Meio Ambiente apóia as prefeituras com um caminhão para cada município. Nas cidades, 47 caminhões estão nas ruas recolhendo o lixo diariamente nas regiões centrais e, nos bairros mais afastados, a coleta é feita em dias alternados.

O presidente da Suderhsa, Darcy Deitos, explicou que o aumento do número de turistas foi previsto no planejamento dos trabalhos. ?Além disso, fazemos aferições semanais com as empresas responsáveis pelo trabalho, para evitar contratempos?, disse. Segundo ele, o planejamento também está sendo feito para o carnaval, ?para que tenhamos o mesmo resultado positivo?.

Desde o início da operação, foram recolhidas 1,773 mil tonelada de lixo comum em Pontal do Paraná, 2,114 mil toneladas em Matinhos, 1,862 mil em Guaratuba e 85,6 toneladas na Ilha do Mel. O diretor de Saneamento Ambiental da Suderhsa, Jorge Callado, acrescentou que diariamente são recolhidas, em média, 208 toneladas de lixo comum nestes municípios.

O governo do Estado investiu cerca de R$ 4,7 milhões para garantir a coleta de lixo no litoral durante a temporada de verão. Todo trabalho está sendo executado por mais de 400 pessoas. (AEN)