Em assembléia realizada em Curitiba, na noite de quarta-feira (30), com os funcionários de todas as lojas da rede, os trabalhadores foram informados que a direção da empresa decidiu fechar todas as lojas, que não reabrem após o feriado de primeiro de maio. Os funcionários receberam a informação que o fechamento das lojas vai até a sexta-feira da próxima semana, dia nove de maio. A empresa estará, ao longo da semana, conversando com interessados em comprar a rede de farmácias. Segunda-feira (5) também começa a rescisão de contrato com alguns funcionários.

A Drogamed enfrenta problemas financeiros há algum tempo. Em junho do ano passado, a empresa teve uma disputa judicial com a Distribuidora de Medicamentos Santa Cruz, que reclamava o pagamento de títulos no valor de R$ 2,8 milhões. Houve o início de arresto de mercadorias para o pagamento da dívida, mas, em julho, uma sentença judicial extinguiu o arresto. Em dezembro, foi encaminhado um plano de recuperação judicial que ainda está sendo analisado.

A rede Drogamed conta com mais de 70 lojas em Curitiba e região metropolitana e já foi a mais forte rede de farmácias da cidade.

Mais informações em breve.

Saiba mais:
Drogamed derruba arresto de bens
Santa Cruz vai entrar com nova ação contra a Drogamed
Drogamed fecha para fugir de arresto