As forças policiais do Paraná vão intensificar as ações preventivas em todo o Estado para inibir crimes e orientar a população para o cumprimento do decreto estadual de combate ao coronavírus a partir desta quinta-feira (1). O esforço da Secretaria da Segurança Pública tem o objetivo de coibir aglomerações e atividades clandestinas que desrespeitem as medidas sanitárias.

A operação envolve maior presença policial nas estradas estaduais, policiamento motorizado nas cidades para evitar crimes e atuação do Corpo de Bombeiros para acidentes e emergências, além de postos específicos de fiscalização. Os trabalhos seguem até domingo (04) e somam-se às atividades de segurança já existentes.

A Polícia Militar atuará por meio dos seis Comandos Regionais, distribuídos no Estado. Eles aplicarão seus efetivos nos pontos com maior circulação de pessoas e onde a análise criminal apontar maior incidência de crimes e emergências. A Polícia Civil estará com as equipes preparadas nas delegacias para atender a população e dar o devido encaminhamento nas situações flagradas pela polícia ostensiva. 

Já a Polícia Científica atuará com seus profissionais para agilizar perícias, exames durante o feriado. O Departamento Penitenciário estará a postos para monitorar a atividade dos que possuem tornozeleira eletrônica e gerenciar a ocupação de vagas nas carceragens do estado.

“A Segurança Pública estará atenta neste feriado e aplicaremos nosso efetivo para que a população fique mais segura, e as orientações com relação ao cumprimento do decreto estadual sejam seguidas”, disse o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. “Estamos vivendo um momento delicado e contamos com a compreensão das pessoas para que fiquem em casa neste feriado e evitem aglomerações. Vamos reforçar as fiscalizações e teremos blitzes policiais e educativas em vários pontos do Estado, principalmente no Litoral, na região de Foz do Iguaçu e no Noroeste, entre outras que demandam reforço neste período”.

Segundo o coordenador do Centro Integrado de Segurança do Sul (CIISP-Sul), coronel Luiz Augusto Santiago, cada órgão de segurança possui um planejamento específico na difusão do efetivo das equipes, baseado nas estatísticas criminais e nas peculiaridades de cada região.

“A atuação das forças segue uma ordem geográfica com base nas principais cidades onde foram registrados um aumento na incidência de ilícitos e crimes. De modo geral, a ação acaba trazendo segurança para toda a população do Paraná, pois, direta ou indiretamente, os resultados operacionais refletem em todo o Estado”, completou.

Nas rodovias

As ações do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) estão no contexto da Operação Páscoa. O policiamento rodoviário será feito com viaturas e motocicletas para inibir infrações de trânsito, mas principalmente acidentes com feridos e óbitos nas estradas estaduais. Também haverá aplicação das equipes especializadas de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) e de Operações com Cães para fazer frente ao narcotráfico, o contrabando, roubos e furtos, dentre outros crimes. 

Na região litorânea haverá abordagens e blitzes em frente aos quatro Postos Rodoviários distribuídos na região para reforçar à população a importância de cumprir as medidas sanitárias, principalmente evitar aglomerações, manter o distanciamento social e orientar o cidadão a ficar em casa. Operações com radar móvel também serão feitas para combater o excesso de velocidade.