A Companhia de Água e Esgoto de Paranaguá (Cagepar) concluiu nesta semana a instalação dos registros na rede de abastecimento de água da Ilha do Mel, no litoral do Estado.

A medida vai permitir que a companhia possa administrar o abastecimento conforme a demanda de cada região da ilha, o que deve evitar a falta de água, principalmente, durante o período de Carnaval, quando a ilha hospeda a sua capacidade máxima de cinco mil turistas e 1,2 mil moradores.

De acordo com a Cagepar, a instalação dos registros permite que a ilha seja dividida em quatro áreas, entre o Farol e a Fortaleza. O primeiro lote será parte de Nova Brasília e a região da Fortaleza. O segundo será composto pela outra parte de Nova Brasília, enquanto que o terceiro fará parte a área do Farol e a quarta será a Praia Grande.

Hoje, a Cagepar deverá fazer o primeiro teste de abastecimento da região da Praia da Fortaleza. Segundo o diretor-presidente da Cagepar, Edson Pedro da Veiga, a companhia deve interromper o abastecimento de água nas demais regiões durante um período de duas horas para distribuir o recurso pelos mais de quatro quilômetros de tubulação até a praia.

“Esse é um primeiro teste das modificações que foram feitas. Depois faremos o abastecimento da Praia Grande”, diz. Veiga conta que a companhia deverá realizar um estudo sobre a divisão das áreas para que a água seja distribuída de acordo com a demanda de cada espaço.

Segundo ele, enquanto Fortaleza e Praia Grande requerem um tempo menor de carga, para as praias Central, Nova Brasília e do Farol há necessidade de uma carga de seis a oito horas, devido ao maior número de pessoas nestes locais.

Para Veiga, a medida deve evitar a falta de água registrada em vários pontos da ilha no período entre os dias 28 de dezembro e 3 de janeiro. O diretor informa que a rede distribuidora pode abastecer a ilha sem problemas, desde que chova pelo menos 30 milímetros por semana. Para Veiga, um dos problemas que persistem é a instalação de equipamentos nas redes, o que estaria dificultando a distribuição para os demais pontos da ilha.