A largada para a revitalização da Rodoferroviária de Curitiba foi dada ontem. O prefeito Luciano Ducci e o superintendente do Patrimônio da União do Paraná, Dinarte Antonio Vaz assinaram o termo de cessão do terreno por mais 10 anos. Estão previstas obras de revitalização e readequação dos acessos com investimentos de R$ 36 milhões do PAC da Copa.

O projeto será encaminhado hoje para avaliação da Caixa Econômica Federal e, a partir da aprovação, será iniciado o processo de licitação. A expectativa é que as obras iniciem no começo de 2012 e concluídas até o final do próximo ano. Ducci quer agilizar as obras e adianta que os trabalhos no terminal devem acontecer 24 horas por dia, sete dias por semana. “Não faz sentido trabalharmos somente no período comercial porque o fluxo no local é muito grande. Com esse ritmo, as obras devem ser finalizadas em menos de 1 ano”, afirma.

O primeiro passo para a modernização foi dado ontem, com a instalação de dois monitores que indicam saídas e chegadas dos ônibus. Ainda estão previstas a implantação de sala exclusiva para embarque, de acesso exclusivo e climatizada, que será controlada por catracas com leitura por código de barras. Será implantada, também, área somente para desembarque, com 10 novas plataformas.