Moradores e comerciantes da Estrada do Ganchinho, marginal à BR-116, no Sítio Cercado, em Curitiba, reclamam que a prefeitura da cidade não finalizou a obra da rua que passa bem em frente ao Centro de Treinamento do Clube Atlético Paranaense, o CT do Caju. Parte da rua está asfaltada por conta da chegada da delegação da seleção brasileira de futebol, mas o restante é somente terra e buracos.

Um comerciante do local (que preferiu não se identificar) disse que já ligou várias vezes para a prefeitura para solicitar a finalização da obra, mas até agora não obteve retorno.

Ele contou que, além do barro na via há também muito lixo jogado em frente ao seu comércio. Sem falar que a rua é sem saída, o que dificulta ainda mais o acesso de clientes. “Jogam saibro e passam a máquina, mas não arrumam definitivamente. Quando chove vira tudo em barro”, reclamou.

O empresário Orlando Staine reclama que sua família também não aguenta mais tanta poeira. “Só arrumaram em frente ao CT por causa da seleção de futebol. Mas faz três anos que moro aqui e nunca tinham arrumado”, reclamou.

Outra moradora que também preferiu não se identificar disse que “é um absurdo asfaltarem em frente ao CT e não finalizarem a rua onde há moradores”, afirmou. Ela, que mora há 30 anos na rua, contou que nunca viu uma obra na rua, e somente agora, por causa da Copa do Mundo, tudo está sendo modificado.

A prefeitura de Curitiba informou que até agora a concessionária responsável pela rodovia (a OHL) autorizou a obra no trecho que já foi feito. No momento, está em processo a tentativa de uma nova autorização para que o restante da rua seja asfaltado, mas não há previsão de quando isso será feito.