A segunda etapa da campanha de vacinação contra a gripe A (H1N1) – para gestantes, portadores de doenças crônicas definidas pelo Ministério da Saúde e bebês entre 6 meses e 2 anos incompletos – termina na próxima sexta-feira (2).

Para quem puder se imunizar somente no final da semana, é bom lembrar que, por causa dos feriados da Semana Santa, nos dias 1º e 2 de abril (quinta e sexta-feira) as unidades básicas estarão fechadas e a dose será ofertada somente nos centros municipais de urgências médicas, das 8h às 18h.

Na segunda-feira (5), começará a terceira fase da campanha. O período é dedicado aos jovens entre 20 e 29 anos, que terão até o dia 23 para se imunizar em qualquer das unidades da rede municipal de saúde, no horário normal de funcionamento de cada uma delas.

Em Curitiba moram 272.088 pessoas nessa faixa etária. As autoridades sanitárias lembram a importância de levar o cartão de vacinação para controle de registro da aplicação da dose.

Os profissionais da linha de frente do atendimento ao público e os mais expostos à contaminação foram os primeiros a receber a vacina. O objetivo dessa precedência foi garantir o funcionamento integral – e sem baixas – dos serviços médicos mais sujeitos a receber pacientes com o vírus causador da doença. Um adulto, quando infectado pelo H1N1, precisa de uma semana de isolamento para se recuperar e ficar livre do risco de transmissão.