“Vai dirigir depois de beber? Torne-se agora um doador de órgãos”. O lema da Semana do Trânsito deste ano pode parecer confuso para os motoristas, mas segundo o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), a abordagem utilizada para alertar as pessoas é eficaz.

Pesquisas mostram que o consumo de álcool combinado à direção é responsável por mais de 50% das mortes no trânsito. E, segundo os dados da Central Estadual de Transplantes (CET), mais de 90% dos doadores de órgãos são vítimas desses acidentes. Unindo as duas estatísticas, o Detran-PR espera que os motoristas se conscientizem e evitem pegar a direção quando estiverem sob efeito de álcool.

Para o major Júlio Nóbrega, assessor militar do Detran-PR, essa abordagem direta chama a atenção das pessoas, principalmente porque durante as ações da semana, será realizada uma blitz nos bares. A primeira delas aconteceu ontem à noite, com equipes do Detran-PR percorrendo os bares da capital e alertando os motoristas sobre o perigo de beber e dirigir. As equipes distribuíram carteirinhas de doador de órgãos junto com um folder com informações sobre o efeito do álcool no sangue.

Hoje às 10h, na Boca Maldita, acontece a abertura oficial da Semana do Trânsito. Uma viatura móvel do Detran estará disponível no local para consulta sobre pontuação da carteira de habilitação, além de um trabalho educativo que será realizado pela Polícia Militar (PM).