Um protesto toma as ruas centrais de Curitiba na manhã desta segunda-feira (30). Os manifestantes de centrais sindicais e movimentos estudantis pedem a manutenção dos empregos, salários e direitos trabalhistas. Eles deixaram a Praça Santos Andrade por volta das 10 horas da manhã e se dirigem ao Centro Cívico.

Os organizadores do movimento estimam que mais de mil pessoas participem do protesto. O trânsito já começa a ficar prejudicado nas ruas centrais da capital. A manifestação também ocorre em outras capitais.

Em Brasília, os trabalhadores vão se deslocar até os ministérios do Planejamento e do Trabalho e, em seguida, à sede dos Supremo Tribunal Federal (STF).

Em São Paulo vai ser realizado um ato em frente à sede da Federação das Indústrias do Estado (Fiesp) e da Bolsa de Valores, na Avenida Paulista. O evento foi convocado pelas centrais sindicais e mais 19 entidades ligadas a movimentos sociais.