O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Paraná (Sindijus) decidiu ontem manter o indicativo de greve para o dia 6 de agosto. A categoria aguarda uma proposta do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) quanto às reivindicações dos auxiliares administrativos do Judiciário paranaense, que pleiteiam equiparação salarial referente aos auxiliares de cartório. O Sindijus também reivindica a participação na elaboração de um novo Plano de Carreira e a revogação do artigo 21, da Lei 16023/2008, que extinguiu os cargos do Foro Judicial.