Foto: Chuniti Kawamura/O Estado

 O prefeito da pacata Guaraqueçaba, Riad Said Zahoui, afirma ainda não ter uma posição definitiva.

Praias de nudismo no Paraná. Essa é uma proposta do Sindicato de Hotéis e Similares do Litoral Paranaense (Sindilitoral) para alavancar o turismo na região. A idéia está sendo levada às prefeituras dos municípios que apresentam essa possibilidade como sede da atração. As sugestões são Pontal do Paraná, Guaraqueçaba e até Ilha do Mel.

?Nós também temos condições. Principalmente em Guaraqueçaba, que tem um grande potencial turístico, mas está um pouco esquecida. Somente em Superagüi há quarenta quilômetros de praia deserta. Com certeza atrairia visitantes, e o município entraria em roteiros turísticos nacionais e internacionais?, justifica o presidente do sindicato, José Carlos Chicarelli.

Segundo ele, há nessa região a necessidade de se ter mais atrativos e uma atração com essa característica ?iria trazer os naturistas, do Paraná e de outros estados, a lugares próprios?. Chicarelli afirma que esses locais sugeridos são áreas bem isoladas e próprias para a prática do nudismo. ?Só em Santa Catarina, há três praias de nudismo – do Pinho, Galheta e Pedras Altas. Tem também em São Paulo e Rio de Janeiro. Quer dizer que a idéia pega. No Sul, a gente viu que não existem lugares tão desertos quanto aqui?, insiste Chicarelli.

Ainda de acordo com o presidente do Sindilitoral, não será fácil colocar a idéia em prática, mas eles já estão começando. Agora na temporada, questionários serão distribuídos para saber se turistas e moradores dessas regiões apontadas iriam aprovar a proposta. ?O primeiro contato com as prefeituras foi um susto. Acredito que vai ser um baque. É preciso ser bastante discutido e estabelecido por lei ou decretos municipais. Porém acredito que, tendo organização, vai ser aceito e vai movimentar comercialmente essas regiões?, explica.

Opiniões

A advogada curitibana Fabíola Mascarenhas, de 27 anos, admite que, mesmo estando tão próxima, ainda não conhece Guaraqueçaba. Quanto à idéia de uma praia de nudismo: ?Eu não iria, mas para quem gosta seria uma boa opção?.

O empresário Léo dos Santos, de 35 anos, também não conhece a cidade, mas uma praia de nudismo parece que para ele seria um atrativo a mais. ?Iria com certeza. Acho legal. É a liberdade de cada um, não importa a roupa?, diz o rapaz.

Já o prefeito de Guaraqueçaba, Riad Said Zahoui, afirma não ter ainda uma opinião formada sobre o assunto. ?Eles querem destacar nosso município de uma forma ou de outra, mas no momento precisamos ouvir a população. Terá que haver um plebiscito para então o Executivo se posicionar?, alega Riad.