Deve ser divulgada nesta terça-feira (05) a proposta das empresas de transporte coletivo em relação ao reajuste solicitado pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc). Caso o valor ofertado não seja considerado satisfatório, categoria pode entrar em greve.

Segundo informações do sindicato, as empresas deveriam ter repassado as informações sobre a proposta na tarde de ontem, no entanto, ficou estabelecido para hoje, às 14h. Além disso, apesar de a data-base da categoria ser em fevereiro, os trabalhadores receberão de forma retroativa os valores negociados.

Em pauta

Entre os pedidos dos motoristas e cobradores está o reajuste salarial em 30% e 100% de aumento no vale-alimentação. Sem dúvida, o resultado da negociação será repassado no valor da passagem que, por enquanto, está em R$ 2,60.