Ponta Grossa (Sucursal) Com uma diferença de 922 votos, Paulo Godoy e Ítalo Grande, da chapa ?Não Perca Esse Sentido?, foram eleitos respectivamente os novos reitor e vice da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), anteontem. A apuração realizada na madrugada de quarta-feira somou os votos do corpo técnico-administrativo, do corpo docente e dos alunos, que resultou na vitória da chapa da situação. Foram 453 votos de técnicos para Godoy, 283 votos para Sérgio Escorsim e 180 para Oscar Fürstenberger. Os professores também optaram por Godoy, com 310 votos, deixando Oscar com 277 votos e Escorsim com 62. Com os alunos não foi diferente, 3.319 votos para Godoy, enquanto Oscar ficou com 2.703 e Escorsim com 852. Como a votação era paritária entre os três segmentos, o candidato da situação comemorou a vitória já nas parciais.
O pleito encerrou às 21h na Reitoria da Universidade Estadual de Ponta Grossa. A eleição teve início na terça-feira, quando alunos dos campi de Telêmaco Borba, Castro, Palmeira, Jaguariaíva, São Mateus do Sul e União da Vitória foram às urnas. Na mesma data demonstraram suas preferências os alunos do Curso Normal Superior à Distância, envolvendo mais de dois mil estudantes em dezoito municípios, entre os quais, Curitiba, Londrina, Paranavaí, Foz do Iguaçu e Cornélio Procópio. Na quarta-feira votaram professores, servidores e acadêmicos dos campi Central e Uvaranas. Os professores inativos tiveram garantido o direito de voto através de liminar expedida pelo juiz Francisco Carlos Jorge, da 3.ª Vara Cível.
Godoy e Ítalo obtiveram junto aos acadêmicos 3.319 votos; Oscar e Roseméri, 2.703; ficando Escorsim e Bastos com 852. Neste segmento, dos 11.520 eleitores, votaram 6.923, registrando-se 4.597 abstenções e 42 votos nulos. 654 professores atenderam à convocação dos candidatos, dando 310 votos a Paulo e Ítalo; 277 para Oscar e Rosemeri; 62 para Escorsim e Bastos. Abstiveram-se 54 profissionais, registrando-se cinco votos nulos. Entre os técnicos administrativos, 453 prestigiaram Paulo e Ítalo; 283, Escorsim e Bastos; enquanto 180 votaram em Oscar e Rosemeri. Ao todo, esse módulo trazia 959 eleitores. Vinte e três abstiveram-se e 18 tiveram os votos nulos.
Em coletiva à imprensa, Paulo Roberto Godoy e Ítalo Sérgio Grande prometeram a dotação de colegiados de curso de apoio logístico e de espaço físico adequado, possibilitando melhor atendimento didático-pedagógico aos cursos de graduação; criação e implantação de cursos de graduação que atendam a vocação da região geo-educacional de abrangência da Universidade; oferta de cursos seqüenciais de natureza profissional, artística e cultural, ensejando o aproveitamento de estudos para os cursos plenos; oferecimento de cursos de educação à distância, à semelhança do Curso Normal Superior com Mídias Interativas em outras áreas do conhecimento; facilitação e aceleração da pesquisa de processos e documentos com a centralização e digitalização de arquivos; promoção e reestruturação curricular do ensino de graduação; e implantação gradativa de sistema de acompanhamento da vida do estudante egresso. (Ana Paula Inácio)

Quem comandará a universidade

Paulo Roberto Godoy tem 52 anos, é economista e administrador de empresas formado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Especialista em Gerência Econômica e Financeira. É mestre em Economia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professor do Departamento de Economia da UEPG há mais de vinte anos, lecionando também em Cursos de Especialização. Foi coordenador do Curso de Ciências Econômicas em dois mandatos e chefe adjunto do Departamento de Economia. Presidente da Comissão de Concurso Público para Docentes. Foi membro do Conselho de Administração e do Conselho Universitário da UEPG, representando o Corpo Docente por dois anos. Participou ativamente da elaboração da Lei do Plano de Carreira Docente e do Corpo Técnico Administrativo das Universidades Estaduais do Paraná, tendo presidido a comissão que regulamentou a ascensão e a promoção na Carreira Docente. Foi membro da Comissão que elaborou a Política Docente da UEPG.
Ítalo
Ítalo Sérgio Grande tem 48 anos, é engenheiro civil, formado pela Universidade Federal do Paraná. Mestre em Economia, pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor do Departamento de Engenharia Civil há mais de 15 anos. Foi membro do Grupo de Trabalho que elaborou o Plano Direito do Campus de Uvaranas. Chefiou o Departamento de Engenharia Civil por dois mandatos consecutivos. Atualmente, diretor do Setor de Ciências Agrárias e de Tecnologia, tendo exercido um primeiro mandato de abril de 1995 a abril de 1999, sendo reeleito para o mandato de abril de 1999 a abril de 2003.