A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informa que subiu para 58 o total de mortos em decorrência de complicações provocadas pela nova gripe no Paraná.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (12), o total de casos confirmados da doença é de 1.148.

Há ainda 2.315 casos suspeitos que aguardam análise laboratorial, enquanto 1.537 amostras tiveram resultado negativo para a presença do vírus Influenza A (H1N1).

Ao todo, 21 aconteceram entre os dias 3 e 10 de agosto, o que significa uma média de 2,62 óbitos por dia. Do dia 14 de julho a 7 de agosto, o índice era de 1,24 mortes por dia. Agora, a média é de 2,18 vítimas fatais por dia.

Curitiba lidera o número de mortes pela nova gripe, somando 32 casos. Cinco óbitos foram confirmados na região de Maringá e três vítimas fatais foram registradas em Foz do Iguaçu e Jacarezinho.

Também foram registradas mortes em decorrência da gripe A em Campo Mourão (2), Cascavel (2), Cianorte (2), Pato Branco (2), Toledo (2), Apucarana (1), Londrina (1), Ponta Grossa (1), Telêmaco Borba (1) e União da Vitória (1).

Os pacientes do sexo masculinos são as maiores vítimas, com 30 mortes. A maior parte das mortes aconteceu na faixa etária entre 20 e 40 anos, onde 21 pessoas foram atingidas; entre 41 e 65 anos foram 19 vítimas; de 0 a 19 anos foram 6 mortes; e uma única paciente que faleceu tinha mais de 66 anos.