Em pouco menos de uma semana chega ao fim o acordo judicial que permite que a concessionária de pedágio Caminhos do Paraná preste o socorro mecânico a motoristas mesmo após o encerramento de todas as concessões rodoviárias do Anel de Integração, em novembro do ano passado. Assim, a partir da próxima sexta-feira (1º), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) assume o serviço no chamado “lote 4” do Anel de Integração: são 405,9 quilômetros, incluindo a BR-373 (de Ponta Grossa ao Relógio), BR-277 (entre Guarapuava e São Luiz do Purunã), PR-427 (Lapa), BR-476 (Araucária) e PR-438 (Teixeira Soares).

LEIA TAMBÉM:

>> Grave acidente causa morte de uma mulher em Curitiba; outras duas pessoas ficaram feridas

>> Empresário volta a reclamar de insegurança em Curitiba após bar ser roubado 14 vezes

>> Passageira faz foto de ônibus lotado em Curitiba e dispara: “Sufoco diário”!

O DER já realizou uma licitação para contratar empresas de socorro mecânico que pudessem atuar em todo o Anel de Integração após o fim das concessões rodoviárias e a arrematante do lote 4 foi a EGIS Engenharia e Consultoria Ltda, pelo valor de R$ 13,2 milhões. A empresa deve ser chamada para prestar o serviço até a realização do leilão das novas concessões rodoviárias, que está sendo preparado pelo governo federal, com previsão de conclusão no fim deste ano.

Das seis concessionárias de pedágio que administravam lotes no Anel de Integração, apenas a Caminhos do Paraná e a Econorte mantiveram o serviço de guincho mesmo após o fim das concessões rodoviárias, em função de acordos judiciais com o DER. A Econorte permanece prestando serviços aos usuários das estradas por mais um ano (até 26 de novembro de 2022), sem cobrança de pedágio. Em troca, ela deixará de executar um viaduto em Jacarezinho.

No acordo judicial entre o DER e a Caminhos do Paraná, a concessionária concordou em permanecer com o atendimento ao usuário pelo período de mais quatro meses (até 31 de março de 2022) por uma dedução no valor de uma caução já depositada em juízo e referente a obras previstas no contrato e não entregues. Nos demais lotes, o DER já está atuando desde o final do ano passado, com a ajuda de terceirizadas.

Serviço

De acordo com o DER, a partir da próxima sexta-feira (01), usuários das rodovias do lote 4 deverão acionar o telefone 0800-400-0404 em casos de acidentes, pane, quedas de carga, animais na pista, materiais na pista, buraco no pavimento, entre outros. O telefone é válido para todas as regiões do Paraná e a ligação é gratuita. As chamadas serão recebidas pelo Centro de Operações Integradas (COI) do DER, que conta com uma equipe disponível 24 horas por dia.

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia