O prefeito Péricles de Holleben Mello anunciou, na tarde de ontem, o aumento da tarifa do transporte coletivo urbano de Ponta Grossa de R$ 1,10 para R$ 1,30. De acordo com o prefeito, o novo valor da tarifa passa a vigorar a partir da 0h de sexta-feira.

Péricles disse que o aumento do combustível nos últimos meses fez com que a Viação Campos Gerais solicitasse o reajuste da tarifa. “O óleo diesel sofreu acréscimo de 72,67% em oito meses”, disse. Segundo o prefeito, mesmo com o aumento, entre as cidades de porte médio, Ponta Grossa tem a menor tarifa do Paraná.

O anúncio foi feito após reunião com membros do Conselho Municipal de Transportes, que entregaram ao prefeito um parecer favorável ao reajuste para R$ 1,30. O novo valor foi sugerido pela empresa Logitrans, após estudo técnico realizado pela empresa a pedido da Prefeitura. O conselho aprovou a proposta de aumento da tarifa em reunião realizada anteontem. O secretário municipal de Planejamento, Ubiratan Martins, lembrou que as novas concessionárias terão que manter a tarifa de R$ 1,30 até dezembro de 2003. Reajustes

Foi o segundo aumento da tarifa do transporte coletivo de Ponta Grossa concedido em dois anos de administração Péricles de Holleben Mello. Em 2001, quando a atual administração assumiu, não houve aumento. O primeiro reajuste ocorreu em março de 2002, quando a passagem subiu de R$ 1,00 para R$ 1,10. O segundo ocorre agora.

O prefeito também anunciou que a partir de fevereiro, uma vez por mês, o transporte coletivo urbano será gratuito. Isso acontecerá em um domingo ou feriado do mês, definido com antecedência.

Com a medida, o prefeito acredita que a população, principalmente a mais carente, poderá usufruir do benefício para visitar parentes, amigos ou desfrutar o lazer em espaços públicos do município. Os gastos com o transporte gratuito já estão incluídos no novo valor da tarifa.