Raios, quedas de árvores e rajadas de ventos de até 100 km/h interromperam simultaneamente o fornecimento de energia elétrica de 552 mil unidades consumidoras no interior do Paraná neste sábado (23). Alternadamente, mais de 1 milhão de domicílios tiveram algum tipo de interrupção de energia nas regiões Oeste, Sudoeste, Noroeste e Norte do estado ao longo do fim de semana. Até o início da noite de domingo (24), aproximadamente 144 mil unidades consumidoras permaneciam sem luz. O evento climático foi considerado o mais grave já enfrentado pela Copel no interior do Paraná. Recentemente a Copel enfrentou outro problema grande por causa de temporal e quedas de árvore.

A região Noroeste foi a mais atingida do estado. No domingo, 49 mil unidades consumidoras tiveram o fornecimento de energia regularizado, enquanto 73 mil permaneciam sem luz. No total foram 145 postes danificados em toda a região.

+Leia mais! Moto-táxi é proibido por lei em Curitiba; entenda como fica novo serviço da Uber

Os municípios de Alvorada do Sul, Amaporã, Ângulo, Cafeara, Guairacá, Inajá, Indianópolis, Itaguajé, Jardim Olinda, Ourizona, Paranapoema, Planaltina do Paraná, Santa Inês, Tapira e Terra Rica tiveram o fornecimento total ou quase totalmente interrompido.

Na região Norte ainda havia na noite de domingo 30 mil domicílios sem energia. Somente na rodovia que dá saída para Bela Vista do Paraíso, na zona Norte da cidade, foram 30 postos derrubados. Em toda a região, foram 178 postes danificados.

+Viu essa? Após quase decolarem em grave acidente, motorista e passageiro “desaparecem”

Nas últimas 24 horas, os canais de atendimento mais utilizados pela Copel (telefone e WhatsApp) receberam um volume de chamados equivalente ao de um mês inteiro, o que ocasionou dificuldade para o contato dos consumidores com a empresa. A Copel informa que há no momento 1,35 mil profissionais empenhados em religar tudo o mais rapidamente possível trabalhando na reconstrução das redes elétricas do Oeste, Sudoeste, Noroeste e Norte do estado.

Tempestades também provocam falta de água no interior

A falta de energia elétrica prejudicou também o abastecimento de água em 85 localidades abastecidas pela Sanepar. Algumas unidades de produção e distribuição de água nas regiões Noroeste e Oeste permanecem sem operação, devido à interrupção no fornecimento de energia.

Esta é a segunda vez em dez dias que as tempestades causam estragos e prejudicam o abastecimento de água no estado. Em Foz do Iguaçu, o temporal prejudicou o abastecimento de água para 70% da cidade. Em, Londrina ainda 15% dos imóveis ainda estavam com o abastecimento comprometido neste domingo. Na região de Paranavaí, 13 cidades tiveram o abastecimento de água paralisado. A tempestade ainda afetou o abastecimento nas regiões de Cascavel, Toledo, Apucarana, Arapongas. Campo Mourão e Umuarama.

Web Stories

Novidades!

Veja o que chega na Netflix nesta semana

Conhece?

Bosques de Curitiba são ótimas opções de passeios

Tragédia

Conheça 5 acidentes que aconteceram dentro de um set de filmagens

6 boas dicas!

Quer emagrecer de graça em Curitiba? É possível!