Os usuários do transporte coletivo de Curitiba podem utilizar apenas até hoje os vales de metal da Rede Integrada de Transporte (RIT). A partir de amanhã, terão de escolher entre o vale de papel, cartão eletrônico ou dinheiro. A medida foi anunciada pela Urbs – empresa que gerencia o transporte coletivo de Curitiba e região – há um mês. Quem ainda tiver as fichas metálicas poderá se cadastrar pelo fone 156 e transformar os vales em crédito no cartão. De acordo com a assessoria de imprensa da Urbs, cerca de 8 mil pessoas já fizeram o cadastro, e o tempo de espera até serem chamadas é de cerca de trinta dias.

Ontem era grande a fila na Urbs para comprar os vales de papel ou o cartão eletrônico. Havia, porém, muitos que queriam trocar o vale metálico, como era o caso do conferente Davi J. Batista, que estava com 16 fichas metálicas. “Se não trocarem, só quero ver como vai ficar”, falou Batista, que não vê a mudança com bons olhos. “Se o vale de papel cair e molhar, já era.”

A costureira Iraci Fátima Martinhão, que estava na fila para recarregar o cartão para a filha, estudante, contou que já fez o cadastro junto à Urbs, mas ainda não foi chamada. “Estou com 188 fichas em casa, que terão que ficar na gaveta até a Urbs me chamar”, falou. A informação era de que as pessoas cadastradas só devem ser chamadas a partir de hoje.

O engenheiro José Roberto Pergoraro estava na fila para adquirir 800 vales para a empresa. Segundo ele, com a mudança anunciada pela Urbs, os vales, que normalmente são distribuídos no primeiro dia útil do mês, foram entregues aos funcionários em duas parcelas. “Foi para acabar com todas as fichas metálicas que a gente tinha no estoque”, justificou. Mesmo assim, restaram 35 fichas, que deverão ser trocadas em breve.

Até o fim do ano

A previsão da Urbs é que até o fim do ano todos os usuários da RIT que utilizam vale-transporte estejam com o cartão eletrônico. A empresa orienta que as pessoas não procurem diretamente o guichê de atendimento para fazer a troca do VT por créditos, mas que se cadastrem pelo fone 156.