O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ/PR) julgou ontem inconstitucional a lei sancionada pelo ex-governador Roberto Requião que proibia o uso de palavras estrangeiras em peças publicitárias. A ação foi proposta pelo Sindicato das Empresas de Publicidade Externa (Sepex), que considerava a lei absurda.