O Contorno Sul de Curitiba vai receber R$ 21,6 milhões em investimentos em iluminação em LED e dispositivos de segurança. O objetivo é reforçar e melhor as condições de visibilidade num trecho marcado por muitos acidentes. No local são registrados 250 acidentes por ano, muitos com vítimas fatais. Há um alto índice de atropelamentos ocasionados pela baixa visibilidade.

LEIA TAMBÉM – Trecho “empaca viagem” na BR-376 vai receber R$ 33 milhões pra novo viaduto. Agora vai?

O contrato para o início dos trabalhos foi assinado nesta quinta-feira (19) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e o Consórcio Engeluz-Marandel, vencedor da licitação para a elaboração do projeto e execução da obra. O consórcio é composto pelas empresas Engeluz Iluminação e Eletricidade EIRELI e Marandel Marconi Ltda.

“Aqui era uma região não tão povoada, mas era um corredor importante. Com o passar dos anos, o volume de carros e caminhões foi aumentando, então o contorno precisava ser modernizado. Vamos transformá-lo em uma grande avenida, melhorando o trânsito, a segurança das pessoas que aqui vivem, porque é muito escuro. Vamos criar iluminação nas marginais”, disse o governador.

VIU ESSA? Dois são presos pela Rotam com mais de 750 vidros de palmito ilegal em área de proteção do Litoral

As obras compreendem um trecho de 10,7 quilômetros, entre a BR-376 (Rodovia do Café) e a BR-116, que faz a conexão entre São Paulo, Santa Catarina e o litoral do Paraná.

Considerada uma das principais rodovias da região metropolitana de Curitiba, o Contorno Sul tem intenso tráfego de veículos leves e pesados, servindo como deslocamento diário de grande parte da população. Em média, 60 mil veículos usam o trecho diariamente.

Contorno Sul divide bairros e tem alto índice de atropelamentos

“As obras vão contribuir para a diminuição dos acidentes, especialmente dos atropelamentos que são frequentes”, destaca Maciel Junior, chefe do núcleo de comunicação social da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo ele, é uma região que divide bairros e é comum as pessoas cruzarem a pista, embora tenha uma passarela para pedestres.

“A iluminação vai deixar o pedestre mais visível”, observa. “Além disso, será possível identificar facilmente algum veículo parado na rodovia por problemas mecânicos, o que também é causa de acidentes no local”, acrescenta.

LEIA AINDA – Referência nacional, Calçadão da Rua XV de Novembro, em Curitiba, completa 50 anos

Apesar de o trecho estar sob jurisdição federal, a Coordenadoria da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) obteve autorização do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), ligado ao Ministério da Infraestrutura, para a execução.

O  sistema de iluminação todo em LED será instalado nas pistas principais, vias marginais (apenas segmentos não providos de iluminação atualmente), interseções, ramos de acesso e dispositivos de transposição em desnível (viadutos, trincheiras e passarelas), e seu respectivo sistema de alimentação elétrica. Deverão ainda ser instalados os dispositivos de segurança rodoviária, incluindo barreiras de concreto para garantia de segurança dos usuários da rodovia em relação aos postes e demais dispositivos.

VEJA TAMBÉM – Elon Musk vem ao Brasil nesta sexta-feira para papo com Bolsonaro em hotel de luxo. Saiba o motivo!

O prazo para a entrega da obra é de 300 dias após a assinatura da ordem de serviço, que deverá ocorrer entre o final desse mês e o começo do mês que vem, segundo informações do governo do estado. A licitação para a realização do serviço foi feita pelo Regime Diferenciado de Contratação Integrado (RDCi).

Por esse modelo, a contratação é feita para o desenvolvimento do projeto e execução da obra. Por isso, as obras não começam de imediato já que os primeiros três meses devem ser dedicados ao desenvolvimento do projeto.

Pantanal

Eugênio encontra Renato e Roberto à deriva

Além da Ilusão

Matias vê Úrsula descartar a barriga falsa

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

Carreira

Ganhadora do prêmio de pior atriz a vida rodeada de polêmicas, quem é Anne Heche?