O Conselho Universitário (Coun), da Universidade Federal do Paraná, adiou a volta às aulas, prevista para a próxima segunda-feira (17), para o dia 24 de agosto.

A semana adicional será utilizada para preparar a comunidade universitária para o retorno às aulas. A administração da UFPR está sugerindo a realização de plenárias setoriais, departamentais e colegiados de cursos. Também irá adequar espaços físicos e adotar procedimentos para minimizar o risco de contágio pelo vírus da gripe A (H1N1).

Tomada por unanimidade, a decisão foi construída com a participação das entidades representativas dos professores (Apufpr), dos servidores técnico-administrativos (Sinditest) e dos estudantes (DCE).

Segundo a pró-reitora de Graduação, mesmo com o adiamento, o calendário acadêmico será concluído ainda neste ano. As datas do vestibular não sofrerão alterações.

O novo adiamento foi decidido com base nas informações das secretarias Estadual e Municipal de Saúde e nos dados dos boletins epidemiológicos, que apontaram um aumento no número de casos da nova gripe. As aulas da universidade estão suspensas desde o último dia 30 de julho.

Uma comissão técnica da UFPR tem acompanhado estes números e indicado ações da universidade no combate à gripe. Esta comissão é formada pelos médicos Marta Fragoso, Rui Bocchino Macedo, Raffaello Di Bernardi e pelo engenheiro de segurança Valter Oscar Jentsch.

Segundo o reitor Zaki Akel Sobrinho, a universidade vai realizar uma grande mobilização da comunidade universitária para adotar os cuidados que evitem a propagação da gripe A (H1N1). “Temos condições de receber nossa comunidade com todos os cuidados necessários na volta às aulas”, afirma Zaki.

Apesar da conscientização da população sobre a gravidade da epidemia, a universidade continuará a fazer ações de sensibilização e orientação e o acompanhamento diário do quadro evolutivo da situação.