Eleitor que está com a situação irregular no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná terá até o próximo dia 23 para pegar a segunda via do título de eleitor ou regularizar sua situação para as próximas eleições, que acontecem dia 3 de outubro. Segundo a Central de Atendimento ao Eleitor do TRE, diariamente 300 pessoas são atendidas.

Para o chefe da Central de Atendimento ao Eleitor do TRE do Paraná, Rogério Carlos Born, a regularização do título de eleitor é importante por conta das novas exigências para o processo eleitoral desse ano.

“Ao contrário dos anos anteriores, para votar agora é preciso levar um documento com foto e o título”, diz. Sem esse documento, o cidadão fica impossibilitado até mesmo de justificar o voto, o que pode gerar multa de R$ 3,51 por turno.

O assistente de Recursos Humanos Wellington da Cunha aproveitou o feriado da padroeira de Curitiba para pegar a segunda via do seu título de eleitor. “Recebi uma intimação em casa e logo vim para o TRE. Foi tudo muito rápido”, conta.

Para Kalamede Fantinel essa também foi a oportunidade de se regularizar. “Estava há cinco anos sem o meu título por causa de um assalto. Agora estou com tudo em dia”, frisa.

Para se regularizar frente ao TRE, basta ir pessoalmente à Central de Atendimento ao Eleitor, na Rua João Parolin, 55, no bairro Parolin, em Curitiba. “É preciso ter em mãos a carteira de identidade ou um documento com foto, como CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou passaporte”, ressalta Born. Entre segunda e sexta-feira, a Central fica aberta das 12h às 18h. Sábado e domingo das 13h às 17h.

Allan Costa Pinto
Kalamede foi assaltada e ficou cinco anos sem título de eleitor.