O Ministério da Saúde garantiu nesta semana à prefeitura de Curitiba o financiamento para construção do Hospital da Zona Norte, no Santa Cândida, em parceria com o governo estadual. O hospital está sendo projetado para atender mais de 3 milhões de pessoas de Curitiba e região e receberá principalmente pacientes vítimas de traumas. O custo total da obra está estimado em aproximadamente R$ 60 milhões, com conclusão prevista até 2016.

De acordo com o projeto elaborado pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), em conjunto com as secretarias municipais de Saúde de Meio Ambiente, são pouco mais de 20 mil metros quadrados de área construída, distribuídos em dois pavimentos, com estrutura para atendimento aos casos de urgência, emergência e ambulatório, além de 200 leitos de internamento 30 deles em UTIs e 170 em enfermarias.

Metropolitano

O prefeito Gustavo Fruet destacou o caráter metropolitano do novo hospital, que será construído no limite entre Curitiba e Colombo. “O terreno está definido, já existe a destinação dos recursos do governo federal e o orçamento da prefeitura está sendo estruturado com base nesses investimentos. Além disso, o governo estadual também sinalizou que vai investir neste hospital porque toda a estrutura de atendimento do SUS, em especial na zona norte, é muito procurada por usuários da região metropolitana”, afirmou.