Seis cursos de graduação vão inaugurar, no segundo semestre deste ano, as atividades letivas da recém-criada Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), que, por enquanto, funcionará em caráter provisório no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu, sudoeste do Paraná.

Os cursos escolhidos para estrear a instituição de ensino são Ciências Biológicas: Ecologia e Biodiversidade; Economia, Integração e Desenvolvimento; Sociedade, Estado e Política na América Latina; Engenharia Ambiental de Energias renováveis; Relações Internacionais; e Engenharia Civil de infraestrutura.

De acordo com o professor e pró-reitor de planejamento e administração, Paulino Motter, para este primeiro momento, a relação dos cursos foi propositalmente pequena, uma vez que a universidade ainda passa por fase de estruturação.

“Apesar de contarmos apenas com estes cursos, eles são de três áreas distintas: saúde, humanas e tecnologia. Já para 2011, nossa expectativa é de que aumente o número de ofertas e vagas. Além disso, seria mais fácil lidar com pouca gente de início, uma vez que trata-se de uma instituição de ensino nova”, afirma.

Todos os cursos terão 50 vagas, totalizando 300 alunos, dos quais 150 serão para brasileiros e 150 para estudantes vindos da Argentina, Uruguai e Paraguai (países integrantes do Mercosul).

“Para 2011, abriremos mais 13 cursos e 1,7 mil novas vagas, chegando a um total de duas mil vagas. A partir do momento em que concluirmos a sede própria da Unila, a expectativa é de atender 10 mil universitários e contar com alunos de toda a América Latina”, garante o pró-reitor.

O processo de seleção adotado pela Unila será a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para Motter, esse método é mais interessante por ser mais democrático.

“O que ocorre com o vestibular hoje é que quem estudou em escolas particulares tem mais chances de quem estudou em pública. Acredito que o Enem seja a melhor opção, pois ele privilegia o conhecimento geral, não apenas o fato de decorar a matéria”, conta. As inscrições serão do período de 10 a 14 de junho, apenas pela internet.