Foto: Fábio Alexandre
Candidatos aprovados no vestibular comemoram.

Muita festa, lama e alegria. Foi assim que os aprovados no vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o mais concorrido do Estado, comemoraram o ingresso na universidade. O resultado foi divulgado ontem, no setor de Ciências Agrárias, no bairro Juvevê, em Curitiba. A recepção foi organizada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) e contou com o tradicional banho de lama, além de apresentação de bandas curitibanas durante toda a tarde.  

Um dos destaques do concurso foi Charles Reis Ribeiro, de 15 anos. Ele olhou a lista dos aprovados, olhou de novo e ainda mais uma vez para conferir. Mesmo sem muito acreditar, ele passou no curso de Bacharelado em Ciência da Computação, que tinha 6,44 candidatos por vaga. ?Não esperava passar. Fiz o vestibular para saber como era a dificuldade da prova e ver como funcionava o processo?, afirmou.

Foto: Fábio Alexandre

Charles Ribeiro, que já tinha passado na PUCPR,  e sua  mãe.

Ao contrário de muitos concorrentes, Charles conta que não estuda o dia todo. ?Estudo para as provas e para as matérias que eu tenho mais afinidade, como Física, para aprofundar o conhecimento?, disse.

Mas, por causa da sua idade, não vai poder ingressar na faculdade ainda neste ano. Ele começa agora no segundo ano do ensino médio e seu colégio já declarou que não faz adiantamento de séries. Charles já tinha sido aprovado em dezembro no vestibular da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Engenharia da Computação.

O clima de comemoração também era o da caloura de Medicina, Alanna Silva Huk, de 19 anos. ?Há dois anos vinha tentando vários vestibulares pelo Brasil. Agora é comemorar bastante antes do início das aulas?, disse.

A ansiedade dominou o também calouro de Medicina Guilherme José Farias, enquanto o resultado não saía. Ao lado da dúvida dos candidatos, a certeza e o apoio dos pais. ?Eu tinha certeza de que ele iria passar?, revelou a mãe de Guilherme, Márcia Farias.

Outro pai orgulhoso era Carlos Alberto Martim. Sua filha, Gabriela Martim, de 17 anos, foi aprovada em Psicologia. ?É muito bom saber que criamos uma vencedora?, declarou Martim.

Primeiro lugar

A UFPR não divulga o primeiro colocado geral do vestibular, apenas o primeiro lugar de cada curso. Nos cursos mais concorridos, os primeiros lugares foram de Larissa de Oliveira, em Medicina; José Luiz Gomes Júnior, em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, e Vivianeli Araújo Prestes, em Direito (manhã).