Foto: Arquivo/SMCS

Renovação corresponde a 16% da frota de 1.860 veículos.

Um novo passo para a renovação da frota de ônibus da Rede Integrada de Transporte (RIT) foi dado nesta semana. A Urbs deu autorização às empresas operadoras do transporte coletivo para a compra de 295 veículos para substituir os que estão com a vida útil vencida. A renovação foi determinada pelo prefeito Beto Richa e corresponde a quase 16% da frota de 1.860 veículos. Com a liberação, as empresas já podem fazer a encomenda aos fabricantes. O prazo estimado para a fabricação dos chassis, da carroceria e a montagem dos ônibus é de 180 dias. Os novos veículos devem entrar em circulação nas linhas a partir de agosto.

Entre os novos carros, estão 40 biarticulados para as linhas Santa Cândida / Capão Raso, Boqueirão e Circular Sul. Outros 24 articulados irão para o Boqueirão e Circular Sul. Mais 112 ligeirinhos entrarão em operação, além de 20 microônibus especiais, em linhas que ainda estão sendo definidas conforme a necessidade. Os 99 carros restantes são ônibus do modelo convencional. A vida útil dos veículos é fixada pela legislação municipal em 10 anos. Uma parte dos ônibus da cidade já tinha ultrapassado essa idade em 2003 e 2004.

A renovação da frota faz parte de um amplo conjunto de ações determinadas pelo prefeito Beto Richa para a melhoria do transporte coletivo. Já está prevista a revitalização completa dos terminais Cabral, Hauer, Campina do Siqueira e Capão da Imbuia.Também está em fase de preparação a primeira licitação para as linhas do transporte coletivo de Curitiba, que deve ocorrer até o fim do ano. (SMCS)