Alguns usuários do transporte público de Curitiba estão encontrando dificuldades para poder carregar o cartão-transporte nos terminais. Segundo eles, muitas vezes o sistema está fora do ar e eles raramente conseguem crédito no 1.º dia do mês.

A operadora de telemarketing Neide Scolari reclama que todo o mês se depara com esta situação. “Já tentei carregar nos terminais do Campina do Siqueira, Portão e Capão Raso, mas não obtive sucesso em nenhum deles. Nunca consigo colocar crédito no início do mês. Só ali pelo dia 5 ou 6 é que dá certo”, revela.

Para poder se locomover até o trabalho, a operadora de telemarketing afirma que é obrigada a pagar do próprio bolso o valor da passagem. “Dificilmente a gente tem crédito sobrando. Sou obrigada então a pagar a passagem com dinheiro, que mais para frente vai me fazer falta”, lamenta.

A assessoria de comunicação da Urbs, autarquia responsável pelo transporte público, informa que o órgão está realizando ajustes no sistema de carga do cartão-transporte e que ainda este mês a situação deve se normalizar.