Apesar de já ter superado a meta de vacinar 95% da população adulta contra a rubéola, a prefeitura segue na campanha nacional de imunização que o Ministério da Saúde encerrará na segunda-feira.

Quem tem entre 20 e 39 anos e ainda não está protegido contra a doença, deve procurar as unidades de saúde ou os centros de urgências médicas o quanto antes.

Segundo o vice-prefeito e secretário municipal da Saúde, Luciano Ducci, mais do que a proteção individual, a vacina contra a rubéola preserva a saúde dos bebês ainda em gestação.

“Afinal, são eles que podem sofrer sérias conseqüências se suas mães forem contaminadas”, afirma, referindo-se à importância da prevenção da síndrome da rubéola congênita.

Índices

De acordo com dados do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde, até domingo foram sido vacinadas 624.633 pessoas. O número de doses aplicadas corresponde a 96,4%.