O Paraná vacinou 827.866 crianças menores de cinco anos contra a Poliomielite, na Campanha Nacional realizada neste último final de semana. O número representa 91% do total de crianças a serem vacinadas no Estado.

Para atingir a meta preconizada pelo Ministério da Saúde, que é de 95%, a Secretaria Estadual da Saúde prorrogou por mais esta semana a campanha em todo o Paraná. “Os pais devem levar seus filhos para tomar a vacina. O Paraná está comemorando 16 anos sem nenhum caso da doença e isso graças ao empenho de todos”, diz o secretário estadual da Saúde, Luiz Carlos Sobania. A chefe do Departamento de Doenças Imunopreveníveis da Secretaria da Saúde, Mirian Marques Woiski, lembra que é necessário levar a carteira de vacinação da criança para conferir as doses em atraso.
O último caso de poliomielite ou paralisia infantil no Estado foi registrado em agosto de 1986, no município de Campo Largo. A doença é causada pelo vírus poliovírus e pode ocorrer em qualquer idade, porém a maioria dos casos são em crianças com até 3 anos. A poliomielite, em geral, atinge só uma das pernas, tendo como principais características a flacidez muscular, conservando a sensibilidade, mas perdendo reflexos nervosos na perna atingida.
A meta para a erradicação da doença em todo o Brasil é 2005.