Em Ponta Grossa, Castro, Palmeira e Telêmaco Borba, 6.746 candidatos iniciam neste sábado (15) a disputa das 750 vagas oferecidas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), no 2º Concurso Vestibular de 2008 (Vestibular de Verão). Os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 15h e fechados às 16h. As provas começam às 16h30. Os vestibulandos vão fazer provas de Conhecimentos Gerais e de Redação. No domingo (16), serão feitas as provas vocacionadas, quando os candidatos responderão questões de acordo com o curso escolhido.

Na prova de Conhecimentos Gerais, os candidatos responderão 56 questões com conteúdos de Língua Portuguesa/Literatura Brasileira, Matemática, Física, História, Geografia, Química, Biologia e Língua Estrangeira. A etapa totaliza 3.360 pontos. A segunda etapa compreende a prova de Redação, com valor de 670 pontos. Na prova vocacionada, os cursos estão divididos em cinco grupos, com três disciplinas cada um. São 15 questões por disciplina, totalizando 45 questões por grupo de prova. A etapa vale 2.700 pontos e tem duração de três horas.

Dos 6.746 inscritos, 58% cursaram o ensino médio integralmente em escola pública. O percentual é maior do que o registrado no 1º Concurso Vestibular de 2008 (Vestibular de Inverno), quando esse índice foi de 54%. Neste concurso, 34% dos inscritos fizeram as três séries do ensino médio na rede pública e não passaram por cursos preparatórios para o vestibular. Nos concursos anteriores esse percentual era menor: 32% (julho/2007) e 33% (dezembro/2006). Outros 24% dos candidatos, além do ensino regular na escola pública, completaram seus estudos em pré-vestibulares. No total, 45% dos candidatos fizeram cursinho preparatório.

O fato de a UEPG ser uma universidade pública e gratuita pesou na decisão de 59% dos candidatos inscritos no 2º Concurso Vestibular de 2008. A maioria dos candidatos (64%) tem renda familiar entre três e 10 salários mínimos. Outros 26% têm renda familiar inferior a três mínimos. Só 10% têm orçamento familiar superior a 10 salários mínimos. Os pontagrossenses são maioria entre os inscritos (58%).