Participaram, ontem, da primeira fase do vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR), 39,6 mil dos 43.799 candidatos inscritos. Eles disputam 5.334 vagas, distribuídas em 91 cursos de graduação e mais 30 vagas do curso de formação de oficiais da Polícia Militar.

Diferentemente do ano passado, quando havia tolerância de 15 minutos para entrada dos estudantes, os portões dos locais de prova fecharam pontualmente càs 13h30.

De acordo com o reitor da UFPR, professor Zaki Akel Sobrinho, faltaram ontem 4.196 concorrentes, 9,58% do total de inscritos. “O número de faltantes está dentro da média observada nos últimos anos.”

O reitor diz também que não foram registrados incidentes e que a chegada dos candidatos até os locais de prova foi tranquila. Mesmo na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), local que concentrou o maior número de candidatos, não foi apurada nenhuma confusão relacionada ao vestibular.

Enem

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizado no próximo fim de semana, vão compor 10% da dos candidatos que optaram por essa modalidade de avaliação.

Ele comentou que fez uma solicitação formal ao Ministério da Educação (MEC), para ter em mãos o resultado até 5 de janeiro. “Há uma boa vontade do ministério, que garantiu que irá fazer o possível e acredito que o nosso pedido será atendido.”

O resultado da primeira fase sai na tarde de 7 de dezembro. No dia 8, o site da instituição, www.nc.ufpr.br, vai divulgar a lista de ensalamento dos aprovados para a segunda fase (provas discursivas), que será realizada nos dias 12 e 13. O resultado final do processo seletivo sairá até 22 de janeiro.

Candidatos tranquilos

O primeiro candidato a terminar a prova foi Luiz Carlos da Silva, 32 anos, que concorre a uma vaga para o curso de Educação Física. Segundo ele, a prova estava relativamente difícil, principalmente Física.

“Caiu muita fórmula que eu não conhecia. Português e literatura estava fácil e acho que fui bem. Acredito que consegui garantir minha vaga para a próxima fase.”

Antes das provas, os candidatos demonstraram tranquilidade. Para Aline Mari Huf, 18, que concorre a uma vaga no curso de Agronomia, não havia muitos segredos na hora da prova. “Estou bem preparada e por isso não estou nervosa”.