A Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde interditou todos os lotes do trigo para quibe da marca RD, produzidos pela empresa Juliantoni Distribuidora de Alimentos Ltda.

O problema encontrado foi nas embalagens que continham a informação “não contém glúten”, mas todo tipo de trigo contém a substância. A medida foi tomada após denúncia de consumidor de Irati, que verificou o erro.

Os maiores prejudicados são os portadores da doença celíaca, intolerantes ao glúten e que precisam ter conhecimento do componente nos alimentos. A empresa já foi notificada e terá que recolher os produtos das prateleiras e trocar os vendidos.

O secretário da Saúde, Gilberto Martin, reconhece a importância da vigilância sanitária em tomar essa medida para contornar a situação. “O papel da secretaria é justamente a prevenção de problemas de saúde da população”, afirma.

Dieta

Segundo o médico pediatra e gastroenterologista Aristides Schier da Cruz, presidente da Sociedade Paranaense Pediátrica, o tratamento dos celíacos proíbe a ingestão de glúten por toda a vida do paciente.