Nas estradas do Paraná, a volta do feriado não foi muito movimentada, pelo menos até o final da tarde de ontem. Ao contrário do que se esperava, pela BR-277 o movimento era maior de Curitiba sentido Paranaguá do que do inverso. Até as 16h, três mil veículos retornaram para a capital, segundo a Ecovia, concessionária responsável pela via. Já no sentido oposto, no mesmo período, haviam passado mais de cinco mil carros, provavelmente de quem conseguiu emendar até o réveillon.

Como informa a Ecovia, entre a última sexta-feira e as 16h de ontem, na BR-277 foram registrados 21 acidentes, com cinco feridos, um gravemente. De acordo com a central de rádio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), nas BR-376 (Curitiba/Santa Catarina), BR-116, BR-277 e BR-373, pela Operação Natal foram contabilizados 31 acidentes com 17 feridos no último dia 22; 39 acidentes com 22 feridos e seis mortos, no dia 23; e 17 acidentes com 11 feridos no dia 24. Os números de ontem ainda não estavam disponíveis. Porém, no final da tarde, um acidente na BR-476, no perímetro urbano de Curitiba, uma colisão de dois veículos, seguida de atropelamento de um dos motoristas que desceu para verificar os danos, estava sendo atendida. A polícia ainda não tinha outras informações.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, nas estradas administradas pelo Estado o movimento estava normal. Ele somente aumentou no final da tarde, principalmente do interior para a capital. Desde sábado, foram registrados 18 acidentes, com cinco feridos e um morto. Esta morte, aconteceu ontem, no quilômetro 142, da BR-376, em Paranavaí. Um Celta invadiu a pista contrária e atingiu uma moto, na qual estavam duas pessoas. A mulher de 23 anos que estava de carona morreu e o condutor da moto, em estado grave, foi encaminhado ao Hospital Santa Rita, em Maringá.