Parceria entre o Governo do Estado e o Ministério do Desenvolvimento Agrário possibilitou a entrega para a Cooperativa de Crédito Rural com Interação Solidária (Cresol) de 12 veículos, aparelhos de TV e de vídeo e retroprojetores. Os recursos do convênio, no valor de R$ 372,9 mil, foram repassados pelo Governo Federal (Pronaf e Infra-Estrutura), com 20% de contrapartida do Estado.

O contrato de comodato dos veículos e demais equipamentos foram assinados pelo secretário da Agricultura e vice-governador Orlando Pessuti, e por representantes do Cresol, tendo como testemunha o diretor do Departamento de Desenvolvimento Agropecuário e secretário-executivo do Pronaf no Paraná, Carlos Roberto Bittencourt.

A Cooperativa de Crédito Rural com Interação Solidária atua há 10 anos no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Só no Paraná são quase 28 mil associados em 130 municípios, todos agricultores familiares. A maioria se concentra no Sudoeste, Vale do Ribeira e região central do Estado, e tem como fonte de renda a produção de leite e de grãos. Muitos deles se dedicam à agricultura orgânica, como soja, açúcar mascavo e olericultura.

Os veículos são destinados às cooperativas iniciantes. ?Isso é um incremento na infra-estrutura dessas cooperativas, já que essa estrutura inicial é muito frágil. É uma boa oportunidade para estar qualificando o trabalho cooperativo, para que ele possa se fortalecer, coisa que as primeiras cooperativas não tiveram no início?, explicou o presidente do Sistema Cresol no Paraná, Vanderley Ziger.

Segundo ele, o sistema tem um foco diferente da cooperativa empresarial, uma vez que o seu objetivo é a inclusão social e o desenvolvimento local das pequenas propriedades rurais. ?Ela se torna no município onde se localiza um ponto de referência e ajuda na organização da produção e no incremento da economia local?, destacou Zigler.

Por estar presente em alguns municípios onde não existe nenhuma agência bancária, acaba fortalecendo a economia da região, fazendo o papel inverso dos bancos.

Para Pessuti, a assinatura deste convênio faz parte da proposta do governador Roberto Requião de valorizar e investir nas regiões mais carentes e com menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). ?Estes veículos estão indo para regiões carentes, que precisam de assistência, e certamente vão dinamizar o sistema de microcrédito para a agricultura familiar?, disse o secretário.

O diretor do Deagro, Carlos Roberto Bittencourt, acredita que esta integração entre a Secretaria e a Cooperativa só vai trazer benefícios para os agricultores. ?Já constatamos que onde existe a participação da Cooperativa houve avanços significativos na liberação de recursos pelo Pronaf em função da parceria dessa instituição com o Banco do Brasil?, comentou.

Segundo ele, no Vale do Ribeira o número de financiamentos do Pronaf, em dois anos, aumentou em mais de 500% .?Com essas cooperativas mais equipadas, acreditamos que haverá um crescimento muito grande de agricultores acessando o Pronaf, bem como o Fundo de Aval, que é mais um programa de governo voltado para a inclusão social do agricultor familiar?, acrescentou.