Quase 15 mil metros de ruas de saibro estão sendo pavimentados graças a parcerias da prefeitura com a comunidade. A pavimentação e revitalização de ruas através de parcerias já foi implantada nas regionais Portão, Boa Vista, Boqueirão e Bairro Novo numa prática que, a partir do ano que vem, será adotada em todas as regionais da cidade.

A parceria é simples e permite iniciar os trabalhos com maior rapidez uma vez que parte do material – tubos de drenagem, brita e meio-fio – é doada pelos moradores que têm possibilidade de fazer a compra em empresas na própria comunidade. A prefeitura oferece toda a parte técnica, a mão-de-obra e a capa asfáltica produzida na Usina de Asfalto do município.

Os moradores envolvidos na parceria têm participação direta em todo o processo, do levantamento técnico da obra a ser realizada à execução do serviço. Ao comprar diretamente o material em empresas da própria região os moradores conseguem preços melhores e não precisam pagar a contribuição de melhorias normalmente cobrada junto com o IPTU do ano seguinte.

A pavimentação adotada nas parcerias é melhor do que o antipó, oferecendo mais durabilidade porque antes da massa asfáltica são colocadas duas camadas de brita que, juntas, têm até 40 centímetros de altura e funcionam como base do pavimento.

As parcerias são viabilizadas através da organização dos moradores que podem contar, para isso, com as associações comunitárias. O pedido para a pavimentação da rua em parceria deve ser entregue diretamente na Administração Regional. A avaliação de cada rua é feita pelos engenheiros dos Distritos de Manutenção Urbana, da Secretaria Municipal de Obras, e os trabalhos só começam depois que todo o material está comprado e à disposição das equipes que vão executar a obra.

No Bairro Novo

Os resultados obtidos até aqui comprovam a viabilidade das parcerias. É o que pode ser verificado, por exemplo, na regional Bairro Novo, onde já foram pavimentados 2.700 metros de ruas nos bairros Sitio Cercado e Umbará. Outros 1.175 metros serão pavimentados ainda neste ano.

Na regional Bairro Novo, os moradores da rua Agenor Antonio Rodrigues, na quadra entre as ruas Ourizona e Doutor Lauro Gentio Portugal Tavares, comemoram a implantação de 770 metros de pavimentação com antipó e o fim da lama e do pó.

O proprietário da Eletrônica NSA, José Correia, conta que a maior dificuldade era manter o seu estabelecimento limpo. "Era uma verdadeira luta contra a poeira," afirma. "Várias vezes ao dia a faxineira tinha que limpar a loja, isso sem falar do pó que danificava os equipamentos. Mas agora com o asfalto é só alegria, acabaram-se os problemas e a poeira", diz ele.

Segundo a administradora da regional Bairro Novo, Elci Sfredo, o objetivo é envolver a comunidade na administração. "É importante que a comunidade discuta e decida o que é prioridade. A idéia da parceria é aproximar o cidadão dos serviços municipais e atender a comunidade a partir de diagnóstico feito pelos próprios moradores", disse Elci.

Ivanir Tobias, moradora da rua Galeano de Brito, também comemora o fim da lama e do pó. É que a obra de implantação de 420 metros de asfalto acabou de ser concluída. "Com o antipó, a casa até fica mais limpa. Antes eu tinha que viver com as janelas fechadas por causa da poeira que levantava, fazia até mal para a saúde", afirma.

Além de oferecer mais qualidade de vida a obra saiu mais em conta tanto para o morador que não precisou pagar o antipó, quanto para a prefeitura que teve parte do custo bancado pela comunidade, através da compra do meio-fio e a pedra granulada.

A mesma parceria garantiu também a pavimentação das ruas José Pellanda, Jussara, Otávio Afonso da Silva, Cypriano Ribeiro Cid, Doutor Odarci Antonio Mangi e Mario Gasparin.

Além das ruas pavimentadas por meio de parceria, mais duas serão contempladas pela Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2005, são as ruas Doutor Lauro Gentio Portugal Tavares e Inajá, também da regional Bairro Novo.