A primeira convocação da seleção brasileira em 2004 apresentou apenas uma surpresa. O treinador Carlos Alberto Parreira chamou o meia Júlio Baptista, destaque do Sevilha (Espanha), para o amistoso contra a Irlanda, no próximo dia 18, em Dublin.

Kléberson, ex-Atlético Paranaense e atualmente no Manchester United, reapareceu na convocação de Parreira. Nas quatro últimas partidas da seleção brasileira pelas eliminatórias, o jogador estava contundido.. 

Os únicos dois jogadores que atuam no país chamados para o amistoso na Irlanda são o goleiro Marcos e o atacante Luís Fabiano.

Parreira não convocou atletas do Santos, que joga no mesmo dia pela Taça Libertadores, e Cruzeiro, que atua pela competição um dia antes do amistoso. Razão da ausência de Rivaldo, nome certo em todas as outras listas elaboradas por Parreira.

A lista dos convocados:

Goleiros: Dida (Milan-ITA) e Marcos (Palmeiras)

Laterais: Cafu (Milan-ITA), Belletti (Villareal-ESP), Roberto Carlos (Real Madrid-ESP) e Júnior (Siena-ITA)

Zagueiros: Roque Júnior (Siena-ITA), Lúcio (Bayer Leverkusen-ALE), Juan (Bayer Leverkusen-ALE) e Edmílson (Lyon-FRA)

Meias: Gilberto Silva (Arsenal-ING), Emerson (Roma-ITA), Zé Roberto (Bayern de Munique-ALE), Kaká (Milan-ITA), Juninho Pernambucano (Lyon-FRA), Juninho Paulista (Middlesbrough-ING), Júlio Baptista (Sevilha-ESP) e Kleberson (Manchester United-ING),

Atacantes: Ronaldinho (Real Madrid-ESP), Ronaldinho Gaúcho (Barcelona-ESP), Adriano (Internazionale-ITA) e Luís Fabiano (São Paulo)