Os requisitos a serem considerados na compra do imóvel mudam completamente de acordo com a finalidade. “Imóvel para investimento leva em conta o potencial de valorização da região, por exemplo, para moradia tem que atender aos anseios da família e estar próximo da escola ou do trabalho”, ressalva o sócio-proprietário da Brain Consultoria, Fábio Tadeu Araújo. “Aqueles que querem aliar moradia ao bom investimento, podem ter certeza que bairros nobres sempre continuarão valorizados.

Outro ponto importante para quem tenta aproximar economia de moradia é o velho dilema entre comprar a casa ou apartamento. Para a especialista em economia doméstica e professora do curso de Administração da Universidade Federal do Paraná, Ana Paula Cherubim, não há resposta precisa. “São diversas variáveis. Se colocarmos na ponta do lápis, verifica-se que sai praticamente elas por elas.