O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, disse hoje que a oposição precisa mostrar as propostas e parar de torcer contra. Ele deu essa declaração ao ser questionado sobre as críticas da oposição de que em ano de eleições estão sendo adotadas medidas que seriam eleitoreiras. Bernardo disse que se o que se faz é eleitoreiro, a impressão que dá é que a oposição gostaria que o País parasse um ano antes da eleição. "Ninguém vai querer isso", afirmou.