O presidente do PMDB paulista, Orestes Quércia, está sendo questionado pelos próprios companheiros do Estado por causa da declaração de apoio à pré-candidatura do governador gaúcho, Germano Rigotto, à Presidência da República. Segundo o vice-presidente da sessão paulista do PMDB, deputado Paulo Lima, não houve consulta ao diretório estadual do partido. Lima apóia o adversário de Rigotto nas prévias: o ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho. A prévia para escolha do candidato do partido está marcada para 19 de março

Enquanto Quércia articula o apoio conjunto dos cinco governadores peemedebistas à candidatura de Rigotto, Garotinho contabiliza as visitas feitas a quase 600 dos 645 municípios de São Paulo. Na mesma linha, o deputado Gilberto Nascimento (PMDB-SP) também declara apoio a Garotinho e lembra que São Paulo terá enorme peso na decisão partidária. A regional terá 18% dos votos das prévias