Pescadores do litoral paranaense promoveram uma manifestação, hoje de manhã, em frente à sede do Ibama, em Paranaguá. Eles querem que o órgão revise duas portarias que dizem respeito à proibição da pesca de peixes e camarões no litoral do Estado e pare de prender como criminosas as pessoas que dependem da pescaria para sustentar suas famílias.
A primeira portaria que, na opinião de integrantes da Federação das Colônias de Pescadores do Estado do Paraná, deve ser revista, proíbe os pescadores de jogarem suas redes a menos de três milhas da costa. Já a segunda, diz que em baías e ilhas não se pode pescar a menos de cem metros da costa.