A avaliação negativa do presidente Fernando Henrique Cardoso, segundo a pesquisa do Instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgada hoje, subiu de 26%, em junho, para 27,2%, em julho, voltando a superar a avaliação positiva, que caiu de 29 8% para 26,7% no mesmo período.

O diretor do instituto Ricardo Guedes disse que o movimento pode ter sido decorrente da instabilidade no mercado financeiro. No detalhamento do questionário, a avaliação ótima caiu de 4,5% para 3,6% e a boa, de 25,3% para 23,1%.

No campo negativo, a citação ruim subiu de 7,8% para 10 2%, e a péssima desceu de 18,2% para 17%. Já o desempenho de Fernando Henrique foi aprovado por 40,2%, comparado aos 41,6% de junho, enquanto a desaprovação subiu para 47%, contra 45,1% no mesmo período.