Um dos grandes entraves da infra-estrutura rodoviária da região Noroeste será eliminado nesta sexta-feira (23) quando o vice-governador Orlando Pessuti e o secretário dos Transportes, Rogério Tizzot, entregam as obras de construção dos acessos à ponte sobre o rio Ivaí, entre Tapira e Santa Mônica.

Com os investimentos de R$ 1,5 milhão, a ponte é uma reivindicação de mais de 50 anos da região, onde ficam 30 municípios e mais de 1 milhão de paranaenses. Parte das obras da estrutura da ponte estava concluída mas os motoristas nunca puderam utilizá-la pois faltavam os acessos, não previstos na licitação realizada na administração anterior.

Desenvolvimento

A previsão é que a ponte atenda mais de 1 milhão de paranaenses em cerca de 30 municípios da região. ?A criação dessa nova ligação vai diminuir o custo do transporte e aumentar o fluxo de usuários, estabelecendo, assim, condições para o maior desenvolvimento de diversos municípios?, prevê o secretário, ao citar Nova Olímpia, Cidade Gaúcha, Cruzeiro do Oeste, Maria Helena, Santa Isabel do Ivaí, além de Tapira e Santa Mônica, como as principais cidades beneficiadas com as obras.

Tizzot lembrou que a travessia do rio Ivaí era feita por balsas ? o que ocorre desde a década de 50. ?A travessia do rio por balsas tornava o transporte mais lento e oneroso para os usuários, o que refletia de forma negativa na economia paranaense, trazendo prejuízo para os produtores da região?, explicou.

Recuperação

O Governo do Paraná também trabalha na recuperação das estradas do entorno da ponte. Segundo o secretário estão sendo investidos cerca de R$ 2 milhões em 27 quilômetros. ?As obras foram dividas em duas frentes, uma que vem de Santa Mônica em direção a ponte, que está mais adiantada, e outra que vai da ponte para Tapira, que vem sendo realizada pelo próprio DER?, finalizou.