A Polícia Federal vai parar amanhã por 24 horas, em adesão ao protesto contra a reforma da Previdência. A paralisação começa às 8h e deve atingir 70% da categoria. Os outros 30% atuam em serviços essenciais e não podem parar. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)