A Polícia Federal em São Paulo entra, a partir de hoje, nas investigações sobre os ataques contra moradores de rua, que resultaram na morte de seis pessoas. A PF auxiliará a Secretaria de Segurança Pública, responsável pelo inquérito. A participação da Polícia Federal no caso ocorre após avaliação, pelo Ministério da Justiça, de pedido feito pela Secretaria de Segurança Urbana do Município de São Paulo.

Em nota divulgada hoje, a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança esclarece que o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, tem sido informado das investigações e ressalta que a comissão de deputados (que acompanha o caso) ?abonou e elogiou as investigações?. Na avaliação da secretaria, ?a entrada da PF para acompanhar o trabalho realizado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) é bem recebida porque a soma de esforços contribui para a solução do caso, como sempre ocorre em São Paulo, as polícias trabalham unidas e com o mesmo objetivo, que é a busca da verdade. O que se repugna é a competição, a má disputa e a falta de colaboração com a polícia na busca de provas para esclarecer os crimes?.

A nota não detalha o tipo de participação que os policiais federais de São Paulo terão, se realizarão diligências próprias ou acompanharão os procedimentos da Polícia Civil estadual, que cuida do caso.