Chegou a hora da verdade no Campeonato Brasileiro de Pick-up Racing, que realiza nos dias 13 e 14 de agosto, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), a 4ª e a 5ª etapas das 9 programadas para este ano. As corridas marcam a metade da temporada, que tem pelo menos dez candidatos ao título.

A imprevisibilidade deve ser a tônica das provas de Curitiba. Esta será a primeira vez que a categoria utilizará o anel externo do circuito. Além disso, o resultado da prova de sábado é que definirá o grid de domingo. Mas com um detalhe: os oito primeiros colocados largarão de forma invertida na corrida que terá transmissão ao vivo da Rede TV!.

Esses dois fatores, aliados ao fato do campeonato estar bastante equilibrado, aumentam a hipótese de um final de semana repleto de surpresas. Com a estréia de Carlos Gomes e Graham Hill, dois pilotos de São Paulo, o grid deve chegar a 27 pick-ups nas etapas de Curitiba.

Na liderança do campeonato está João Campos, que tem 8 pontos de vantagem sobre Abramo Mazzochi e 9 a mais que Gustavo Sucolotti. Além deles, Nelson Bazzo, Emerson Duda, Kau Machado, Carlos Kray, Eduardo Freitas, Alessandro Da Cas e Cláudio Ricci são os pilotos que devem brigar pelo título deste ano.

As pick-ups utilizarão o circuito misto da pista de Curitiba a partir de sexta-feira (12), quando realizarão três sessões de treinos livres, além da tomada de tempos. No sábado acontece um warm up de 15 minutos pela manhã e a 4a etapa do Campeonato à tarde, com transmissão ao vivo pelo canal a cabo NSC.

No domingo, os pilotos terão 40 minutos para acertar as pick-ups no anel externo de Curitiba. Nesse traçado as pick-ups devem superar os 220 km/h na reta oposta. A 5a etapa terá inicio às 14 horas com transmissão ao vivo para todo Brasil pela Rede TV! e NSC.

A Pick-up Racing conta com apoio da CBA, Cilindros MAT, Biagio Turbos, Fremax, Rodas Binno e Pirelli.